Arcos



PET saúde

PET - Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde / Vigilância em Saúde
(PET / VS) – 2013 / 2015 - Ministério da Saúde


Investigação dos Acidentes de Trabalho Grave Acometendo Membros Superiores e/ou Mãos notificados no SINAN NET BH em 2013
Nome: Patrícia Thaís Catarino Domingos - Marcelo Victor

Relato de Experiência em Vigilância em Saúde do Trabalhador em Belo Horizonte


Sendo o trabalho um dos determinantes de saúde, um ambiente de trabalho seguro é essencial para o trabalhador.

A Vigilância em Saúde do trabalhador é um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes de saúde no ambiente de trabalho, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos.

As empresas devem investir em segurança do trabalho, procedimentos e equipamentos para que não ocorram acidentes e doenças vindo a prejudicar seus funcionários e a empresa como um todo. A vigilância em saúde do trabalhador é uma ferramenta imprescindível nesse cenário, sobretudo de conscientização e segurança dos locais.

Durante o período compreendido entre maio de 2013 até os dias atuais foramrealizadas leituras das normas de regulamentação da portaria 3.214 do Ministério do Trabalho, além de estudos e discussões em grupo com preceptores e bolsistas sobre a saúde do trabalhador e como ela se faz presente no SUS, para que assim fosse possível ser feito o acompanhamento das vigilâncias realizadas pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST). Algumas vigilâncias foram realizadas em conjunto com os bolsistas do PET, tal integração teve o objetivo de aprimorar o conhecimento cientifico teórico dos bolsistas por meio da prática, além de proporcionar a oportunidade dos mesmos observarem os processos e condições de trabalho dos trabalhadores de determinadas empresas.

Como resultado foi observado que algumas empresas não seguem as normas de regulamentação e não possuem orientações adequadas sobre os riscos aos quais os trabalhadores estão expostos. Percebeu-se ainda, limitações que levam ao não cumprimento das normas, tais como: questão financeira, falta de conhecimento das normas e riscos ocupacionais, banalização dos aspectos de segurança. Por outro lado, outras empresas cumpriram as mudanças apontadas pela vigilância, promovendo um ambiente seguro para o trabalhador.

A saúde do trabalhador é um assunto pouco abordado no contexto social, sendo assim, a vigilância mostra-se de extrema importância para prevenção de acidentes de trabalho e/ou doenças ocupacionais, a partir da verificação do cumprimento das normas e orientações acerca da promoção de ambiente seguro de trabalho.


  Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444