Arcos



Publicação detalhada
Artigo: PERCEPÇÕES E SENTIMENTOS DAS MÃES QUE VIVENCIARAM O ALOJAMENTO CONJUNTO NUMA MATERNIDADE DE ALTO RISCO DO SUL DE MINAS GERAIS

Autor(es): Danielly Freitas Tôrres da Silva Sarah Cruz Andrade Thaís Maiara Fernandes Lima Costa

 

O Alojamento Conjunto é caracterizado por manter o contato entre mãe e filho durante 24 horas, desde o nascimento até a alta hospitalar. O estudo teve como objetivo conhecer a percepção e sentimentos das mães durante a permanência no Alojamento Conjunto (AC). O local de estudo foi uma maternidade de alto risco de um hospital filantrópico de grande porte do município de Poços de Caldas (Minas Gerais). A população foi composta por puérperas que estiveram internadas no AC, do Sistema Único de Saúde (SUS) e de outros convênios. Para a coleta dos dados, utilizou-se de uma entrevista semi-estruturada, que foi gravada e posteriormente transcrita pelas pesquisadoras. A análise dos dados foi realizada por meio da Análise Temática de Conteúdo. O projeto foi enviado ao Comitê de Ética e Pesquisa (CEP) para a aprovação. A coleta dos dados ocorreu no período de 19 de abril a 10 de maio de 2012. A amostra foi composta por 12 puérperas. A faixa etária predominante foi de 18 a 32 anos (58,3 %), com grau de instrução que predominou três puérperas (25%) que estudaram até o segundo grau, três (25%) que possuíam fundamental completo e três (25%) com ensino médio incompleto. Com os dados coletados foram obtidas quatro categorias, sendo elas segurança, amor, falta de privacidade e bom atendimento, tendo maior relevância a categoria segurança. Conclui-se que o AC possui pontos positivos, pois cumpre com suas normas. Porém, possui pontos negativos que levam a insatisfação materna, como a falta de privacidade.

 

Palavras Chaves: Relação mãe-filho. Aleitamento materno



Local:

Data de publicação no site: 09/10/2012


Link do artigo completo: na PDF Document

  Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444