Arcos



Publicação detalhada
Artigo: PROLIFERAÇÃO CELULAR E APOPTOSE EM CISTO DENTÍGERO, CERATOCISTO ODONTOGÊNICO ESPORÁDICO E CERATOCISTO ODONTOGÊNICO ASSOCIADO À SÍNDROME ...

Autor(es): Gláucia Cardoso Paixão Mateus

 

PROLIFERAÇÃO CELULAR E APOPTOSE EM CISTO DENTÍGERO, CERATOCISTO ODONTOGÊNICO ESPORÁDICO E CERATOCISTO ODONTOGÊNICO ASSOCIADO À SÍNDROME DO CARCINOMA NEVÓIDE BASOCELULAR

 
Aluna: Gláucia Cardoso Paixão Mateus

Orientador: Prof. Martinho Campolina Rebello Horta

Co-orientadora: Profa. Helenice de Andrade Marigo Grandinetti

Programa de Pós-graduação em Odontologia da PUC Minas

 

RESUMO

O ceratocisto é um cisto odontogênico que se origina a partir da lâmina dentária e apresenta um comportamento clínico mais agressivo em relação a outros cistos odontogênicos, o que resultou em sua classificação como neoplasia benigna. Estudos demonstram que a atividade proliferativa do revestimento epitelial dos ceratocistos é maior em relação aos outros cistos odontogênicos, sugerindo que este mecanismo é importante para seu crescimento. Ceratocistos odontogênicos múltiplos são um dos principais componentes da Síndrome do Carcinoma Nevóide Basocelular (SCNB) e estudos sugerem que o comportamento clínico mais agressivo dos ceratocistos associados à SCNB decorre da maior atividade proliferativa de seu revestimento epitelial em relação aos ceratocistos não associados à SCNB (ceratocistos odontogênicos esporádicos). O cisto dentígero é um cisto odontogênico que se desenvolve ao redor de um dente não irrompido, através do acúmulo de líquido entre o epitélio reduzido do órgão dentário e a coroa. Apresenta um comportamento clínico menos agressivo em relação ao ceratocisto odontogênico e seu mecanismo de crescimento está relacionado principalmente à expansão por acúmulo de fluido. Este estudo teve como objetivo avaliar a existência de diferença no índice de proliferação celular, no índice apoptótico e no índice de renovação celular do revestimento epitelial entre o cisto dentígero, o ceratocisto odontogênico esporádico e o ceratocisto odontogênico associado à SCNB. Avaliamos também a existência de diferença no índice de proliferação celular e no índice apoptótico entre as camadas do revestimento epitelial de cada uma destas lesões. Foram utilizadas 11 amostras de cisto dentígero, 11 amostras de ceratocisto odontogênico esporádico e 15 amostras de ceratocisto odontogênico associado à SCNB. Para avaliação do índice de proliferação celular, as amostras foram submetidas à reação imunoistoquímica para Ki-67. Para avaliação do índice apoptótico, as amostras foram submetidas à coloração pelo método metil green - pironina. A ocorrência da apoptose foi confirmada pelo método TUNEL (Terminal dioxynucleotidyl transferase mediated digoxigenin-Utp-Nick-End-Label). O índice de renovação celular foi obtido dividindo-se o índice de proliferação celular pelo índice apoptótico. O índice de proliferação celular, o índice apoptótico e o índice de renovação celular do revestimento epitelial foram maiores no ceratocisto odontogênico esporádico e no ceratocisto odontogênico associado à SCNB que no cisto dentígero. Não foi observada diferença nestes índices entre o ceratocisto odontogênico esporádico e o ceratocisto odontogênico associado à SCNB. No cisto dentígero, o índice de proliferação celular da camada basal foi maior que o da camada suprabasal. No ceratocisto odontogênico esporádico e no ceratocisto odontogênico associado à SCNB o índice de proliferação celular da camada suprabasal foi maior que o da camada basal e o índice de proliferação celular destas duas camadas foi maior que o da camada superficial. No cisto dentígero, não foi observada diferença no índice apoptótico entre a camada basal e a camada suprabasal. No ceratocisto odontogênico esporádico e no ceratocisto odontogênico associado à SCNB não foi observada diferença no índice apoptótico entre a camada basal e a camada suprabasal e o índice apoptótico destas duas camadas foi menor que o da camada superficial.

 

Palavras chave: Cistos Odontogênicos; Ceratocistos; Cisto Dentígero; Síndrome do Carcinoma Nevóide Basocelular; Apoptose; Mitose.

 



Local:

Data de publicação no site: 10/09/2012


Link do artigo completo: na PDF Document

  Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444