Arcos



Publicação detalhada
Artigo: Tratamento de efluentes de uma pequena propriedade rural buscando alternativas para atender a legislação ambiental

Autor(es): Cézar de Figueiredo Silva

 

A pecuária de leite vem sofrendo modificações nos últimos anos, o número de animais em produção tem aumentado, bem como a produtividade por cabeça. Para aumentar a produção, os produtores buscam sistemas que permitam agrupar um maior número de animais por área possível ocasionando um maior volume de dejetos lançados no ambiente, devido a este fato o produtor deve buscar alternativas para tratá- las e se adequar as leis ambientais. Diante dos sistemas propostos para tratar os resíduos líquidos e sólidos de fazendas leiteiras destacam-se as compostagens, lagoas de decantação, biodigestores e esterqueiras. O presente estudo tem como objetivo avaliar o destino dos dejetos de uma pequena propriedade rural buscando alternativas para atender a legislação ambiental. A fazenda em questão tem um relevo inclinado e mão de obra quase totalmente familiar. Ordenha- se em média 19 vacas holandesas com graus de sangue 7/8, 15/16 e meio sangue gir leiteiro com produção média de 280 a 300 litros diários. Estes animais produzem cerca de 285 Kg/ dia de dejetos coletados durante as duas ordenhas diárias. Analisando o caso pode se concluir que a esterqueira é a melhor opção para a realidade de fazenda devido ao relevo inclinado, ter baixo custo de manutenção e facilidade em sua construção em relação ao biodigestor; além da liberação de implementos agrícolas para as outras atividades da fazenda devido ao tempo de descanso dos dejetos na esterqueira ser longo.

 

Palavras chave: Resíduo líquido, biofertilizante, esterqueira.



Local:

Data de publicação no site: 17/08/2012


Link do artigo completo: na PDF Document

  Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444