Arcos



Publicação detalhada
Artigo: Efeito da suplementação de colina em vacas e novilhas leiteiras durante período de transição, sobre a composição e produção de leite.

Autor(es): Thiago Avelar Torres

O período de transição em vacas leiteiras compreende as três últimas semanas pré-parto e as três primeiras semanas de lactação. Algumas estratégias podem reduzir os efeitos nocivos do balanço energético negativo que ocorre nesta fase. Entre estas, a colina surge então como estratégia para otimizar o metabolismo de gorduras. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a suplementação de colina protegida da degradação ruminal em vacas leiteiras no 
período de transição quanto ao desempenho produtivo nesta fase. Foram utilizados 32 animais da raça girolando, sendo 16 vacas e 16 primíparas. Estas foram alocadas em dois grupos, sendo 16 por grupo, 8 vacas e 8 primíparas. Os tratamentos foram dieta controle e dieta suplementada com 60g/dia de colina durante os 42 dias dentro do período de transição. Avaliou-se a composição e produção leiteira. Os resultados demonstraram que a suplementação de colina na dieta de vacas aumentou a produção de leite em 2,22 kg/dia. Em contrapartida, não houve efeito nas primíparas. A produção média de gordura das primíparas foi de 1,17 x 0,88 kg/dia; e nas vacas os valores encontrados foram 1,17 x 1,02 kg/dia; respectivamente para animais suplementados e não, todavia, não houve efeito da suplementação sobre a produção de proteína no leite. Vacas suplementadas apresentaram menor contagem de células somáticas, sendo seu valor de 258,88 céls/ml x 103, enquanto das vacas não suplementadas de 401,20 céls/ml x 103. Fato, este não observado nas primíparas. 
 
Palavras-chave: Colina protegida, composição de leite, período de transição, produção de 
leite.



Local: Medicina Veterinaria PUC MINAS - Betim

Data de publicação no site: 16/10/2013


Link do artigo completo: EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO DE COLINA PDF Document

  Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444