Arcos



Publicação detalhada
Artigo: Efeitos da massagem no bebê prematuro

Autor(es): Dias, Luiza Aparecida Faria*; Ribeiro, Ana Paula de Morais*; Silva, Juliana Francisca Ferreira*; Silva, Rosângela Pereira*; Marroques, Augusto Paiva1 Braga, Natália Hermeto Mendes**; Filgueiras, Sandra**

EFEITOS DA MASSAGEM NO BEBÊ PREMATURO

 

 

Dias, Luiza Aparecida Faria*; Ribeiro, Ana Paula de Morais*; Silva, Juliana Francisca Ferreira*; Silva, Rosângela Pereira*; Marroques, Augusto Paiva1

Braga, Natália Hermeto Mendes**; Filgueiras, Sandra**

 

 

Resumo

 

 

O bebê prematuro é aquele que nasce com idade gestacional inferior a 37 semanas completas, não tendo oportunidade de completar o processo de maturação intra-útero, apresentando, portanto, peculiaridades físicas, somáticas e fisiológicas. Os recentes avanços na neonatologia tem reduzido significativamente a taxa de mortalidade desta população. Entretanto, estes recém-nascidos estão sob maior risco do que bebês nascidos a termo, para adquirir déficits de desenvolvimento e condições de incapacidade. Frente a este aspecto, tornam-se relevantes quaisquer recursos que possam atuar no sentido de melhorar as condições de saúde do prematuro. Este estudo teve como objetivo revisar estudos científicos sobre os efeitos da massagem terapêutica no bebê prematuro, considerando-se os parâmetros fisiológicos e comportamentais. Foram analisados estudos produzidos entre 1980 e 2012, com busca realizada nas bases de dados eletrônicas LILACS, SciELO, Cochrane, MEDLINE, BIREME e PEDro, utilizando-se os seguintes delineadores: massagem terapêutica e bebê prematuro, e seus correspondentes em inglês e espanhol. Foram determinados os seguintes critérios de inclusão: bebês prematuros, estudos do tipo ensaio clínico controlado e randomizado, nos quais foi realizada massagem em pelo menos um dos grupos, e considerados os desfechos relacionados a efeitos fisiológicos e comportamentais. Os estudos foram avaliados quanto à qualidade metodológica, através da escala PEDro. Dez artigos atenderam aos critérios de inclusão. A literatura sugere que a massagem terapêutica em bebês prematuros aumenta o ganho de peso diário, estimula a mineralização óssea e a função imunológica, aprimora o crescimento e desenvolvimento, melhora a interação mãe-bebê e a organização comportamental; reduzindo o tempo de permanência e custos hospitalares. A massagem terapêutica, seguindo um protocolo de estimulação tátil com pressão moderada combinada à estimulação cinestésica, produz efeitos benéficos ao prematuro. A massagem realizada por mães produz os mesmos efeitos que as realizadas por profissionais treinados, legitimando um tratamento complementar eficiente, facilmente aplicável e de baixo custo.

 

Palavras-chave: Bebê prematuro. Massagem terapêutica.

 

 



Local: FISIOTERAPIA PUC MINAS CORAÇÃO EUCARÍSTICO

Data de publicação no site: 26/09/2013

  Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444